clássico cupê alemão M3 CS está de volta ao Brasil, mas é melhor correr: só seis unidades da série limitada serão comercializadas no país.

E cada uma com preço sugerido de R$ 663.950.

Tradicionalmente as versões CS dos esportivos da BMW são mais potentes e leves. Com esta M4 não é diferente: são 32 kg a menos na balança e 29 cv a mais sob o capô, totalizando 460 cv gerados por um seis-cilindros em linha biturbo.

O câmbio continua sendo um automatizado de dupla embreagem e sete marchas.

Com isso, segundo a BMW, o esportivo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos, enquanto a limitação eletrônica da velocidade foi elevada em 30 km/h, chegando a 280 km/h.

A redução do peso foi possível com a troca de alguns componentes, como os difusores traseiros, por similares feitos com plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP, na sigla em inglês). Mesmo assim, foi necessário simplificar a cabine.

O ar-condicionado digital de duas zonas, por exemplo, foi substituído por um analógico monozona (que tem menos componentes e, portanto, é mais leve). O puxador da porta também sofreu uma baixa, e foi substituído por uma simples alça de tecido.

O principal rival do M4 é o Mercedes-AMG C63 S, que é – bem – menos caromais barato (R$ 568.900) e potente: são 510 cv, bons para um 0 a 100 km/h em 4,6 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h limitada eletronicamente.

 

Fonte: QuatroRodas

 

Abrir chat
💬 Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?