Veja, abaixo, cinco dicas sobre manutenção, condução e até de como rebocar o carro (caso precise).

Marchas certas

As nomenclaturas das marchas mudam. Em vez de 1ª a 5ª, como na maior parte dos automóveis, você verá D, P, N… Essas siglas podem mudar de modelo para modelo. Por isso, é imprescindível consultar o manual do proprietário. A forma de dirigir vai garantir maior vida útil aos componentes e mais segurança para você. Algumas regras básicas vão evitar danos. Por exemplo, jamais engatar “R” (ré) com o carro em movimento.

Esqueça o pé esquerdo

É fundamental esquecer o pé esquerdo na hora de dirigir. Como não tem embreagem, é fácil confundir e apertar o freio com o pé esquerdo. Isso é um erro. Pela prática em carros manuais, geralmente o motorista não tem a mesma sensibilidade nos dois pés. O direito é mais suave para aceleração e freio. Já o esquerdo é usado para pisar até o fundo. Resultado: se você usa o pé esquerdo no freio, a tendência é o carro parar de soco, o que aumenta o risco de acidentes.

Manutenção especial

Carros com câmbio automático têm uma manutenção diferente dos manuais. O principal cuidado é em relação à troca do óleo da caixa, que usa um lubrificante do tipo ATF. O motorista deve consultar o manual do proprietário e seguir rigorosamente os prazos de troca. Óleo velho ou abaixo do nível pode comprometer os discos de fricção internos e quando isso acontece é preciso substituí-los. Uma dica é sempre olhar o piso da garagem para verificar se não há manchas de óleo.

Fonte: Terra

Abrir chat
💬 Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?